Alimentação na Gravidez

0
315

A alimentação na gravidez é muito importante para a saúde da mãe e do bebé e é fundamental que se baseie em cereais integrais, legumes, frutas, frutos secos, leguminosas, peixe e carne magra.

Além disso, o consumo de água é fundamental e recomenda-se a ingestão de 8 a 10 copos de água por dia.

Alimentação na gravidez no primeiro trimestre

Na alimentação da grávida durante o primeiro trimestre não é necessário consumir mais quantidade de alimentos mas deve-se ter cuidado com algumas escolhas alimentares, porque algumas substâncias presentes nos alimentos ou bebidas podem prejudicar o correto desenvolvimento do bebé como o álcool ou a cafeína.

O que evitar na alimentação na gravidez

Os principais alimentos ou bebidas a evitar na gravidez podem ser:

  • Bebidas alcoólicas – o consumo de bebidas alcoólicas na gravidez está associado a atraso no crescimento e desenvolvimento do bebé por isso não devem ser consumidas pela mulher grávida;
  • Adoçantes artificiais que se encontram com frequência em produtos light – alguns adoçantes não são seguros, por isso, o melhor é eliminar os adoçantes da alimentação durante a gravidez;
  • Café e bebidas com cafeína como refrigerantes ou chá preto –  a cafeína aumenta o risco de aborto espontâneo e por isso é recomendado que não se ultrapasse um café expresso por dia;
  • Peixes como atum, cação e peixe espada – são peixes mais propensos à contaminação por mercúrio, que passa através da placenta e pode prejudicar o bebé no desenvolvimento neurológico. No entanto é aconselhado o consumo de peixe pelo menos duas vezes por semana dando preferência a peixes como salmão e bacalhau que não têm tanta propensão a acumular mercúrio.
  • Alimentos crus, quando a mulher não está imune à toxoplasmose – se a mulher não é imune e tiver contacto com este parasita na gravidez tem o risco do bebé sofrer com algumas malformações e pode até causar aborto espontâneo. Assim, é importante evitar o consumo de carne mal passada,  beber apenas água filtrada ou fervida bem como lavar muito bem todos os alimentos que são consumidos crus como frutas e legumes e quando é possível remover a casca.

A alimentação saudável na gravidez tem uma base comum mas varia de mulher para mulher, de acordo com as complicações e gostos individuais, por isso, é importante pedir sempre opinião médica ou de um nutricionista, antes de se fazer qualquer alteração alimentar ou toma de suplementação.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

three × one =