Existem dúvidas sobre se é mais vantajoso fazer exercício antes ou depois de comer. Dependendo da intensidade do treino e da hora em que este é praticado, pode optar por fazer em jejum, antes de comer, ou após a refeição.

Quanto a exercícios de baixa intensidade, segundo o estudo publicado pela American Medical Directors Association, caminhar após uma refeição efetuada ao fim do dia é mais vantajoso para diminuir o impacto dessa refeição na glicemia em diabéticos tipo 2, do que não fazer exercício ou fazer exercício antes dessa refeição. E bastaram apenas 20 minutos de caminhada.

Quanto a exercícios de intensidade aumentada, se o treino for tipo cardio, e se sentir bem, pode optar por faze-lo em jejum, pela manhã.

Tomar o pequeno almoço antes ou depois do exercício

Se o objetivo for aumentar a massa muscular, é mais vantajoso que faça uma refeição antes. Pode fazer uma refeição completa entre uma hora e meia a duas antes do treino, no máximo. Caso contrário, deve fazer um reforço com por exemplo um hidrato de carbono simples, como por exemplo uma barra de cereais ou uma banana, antes do exercício.

Assim, está a garantir que vai buscar a “energia” a este pequeno snack de pré-treino e não ao seu musculo, desgastando-o.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

seventeen + 7 =