Quanto mais melhor: o caso particular do número de refeições diárias

2
236

O número ideal de refeições diárias a realizar aquando da perda de peso é um assunto controverso. Alguns profissionais defendem a diminuição do número de refeições a fim de promover uma ingestão energética menor. Outros, defendem uma distribuição da ingestão por várias pequenas refeições ao longo do dia.

Uma meta-análise publicada na Pediatrics que testou a associação entre o número de refeições e excesso de peso/obesidade em crianças e adolescentes concluiu que:

  • Uma frequência mais elevada de refeições (4 ou mais refeições por dia) associou-se com um menor peso em crianças e adolescentes, sendo este efeito mais significativo nos rapazes.

Esta associação poderá ser o resultado, em parte, do efeito benéfico a nível do perfil lipídico em jejum e resposta insulínica após a refeição. Pode resultar também da promoção da ingestão energética menor e um gasto energético maior após a refeição, como mostrado num ensaio clínico publicado pela American Society for Clinical Nutrition.

O padrão tradicional de 3 refeições principais (pequeno almoço, almoço e jantar) com 2 lanches (meio da manhã e tarde) parece ser o melhor para emagrecer ou prevenir o ganho de peso.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

two + twelve =